13.07.22 - Saúde Curiosidades

Entenda a Importância da Análise de Água para Hemodiálise

Antes de falarmos sobre a importância da água para a hemodiálise, vamos definir o que é a Hemodiálise ou Diálise: é uma terapia que consiste na filtração do sangue e retirada de impurezas. Ou seja, a Hemodiálise vai remover as substâncias tóxicas e o excesso de água.

E quando a Hemodiálise é indicada? Em casos de Lesão renal aguda e Insuficiência renal crônica. Nesses casos o rim fica impossibilitado de eliminar as impurezas tóxicas e as mesmas acabam por se acumular no sangue (uréia, creatinina e potássio).

Procedimento de Hemodiálise

Para que seja realizado o procedimento com excelência, a água precisa estar dentro dos padrões exigidos pela norma.

O procedimento de Hemodiálise promove a filtragem do sangue por via extracorpórea através de uma membrana sintética semi permeável, chamada de Capilar ou Dialisador, que é por onde o sangue vai passar.

Procedência da Água

A fonte de abastecimento da água para Hemodiálise pode vir de poços (semi artesianos,  artesianos e rasos), mananciais de superfície (rios e lagos, e  reservatórios) e de rede pública. E é dever do responsável médico cuidar da qualidade da água, para que seja potável de acordo com a portaria GM/MS n°888 de 04 de maio de 2021..

Diariamente deve ser realizado a análise da água, e nela observar os seguintes itens:

Fonte: Preceptoria Nefro EPM 2021

Análise da água para Hemodiálise

Porém, não basta apenas que a água seja potável ela precisa ser purificada. Para isso, a água deve ser rigorosamente analisada e tratada, para que se mantenha dentro dos padrões exigidos pela resolução – RDC 11, de 13 de março de 2014.

A água que chega até o hospital passa por um sistema de tratamento para que se torne purificada e atenda as exigências, para que desta forma, chegue purificada no paciente para os procedimentos de hemodiálise. O sistema de tratamento de água, funciona da seguinte forma:

  • Filtros de Zeólita
  • Filtros de Carvão Ativado
  • Abrandadores
  • Osmose Reversa simples ou duplo passo
  • Ultravioleta
  • Ozonização

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde

 

A água é o maior insumo usado na Hemodiálise

Para a realização do procedimento de hemodiálise, o maior insumo usado é a água. Uma vez que a Solução de Diálise (Dialisato) é composta por água e solutos (tais como sódio, potássio, bicarbonato, cálcio, magnésio, acetato, glicose).

É essa solução que entrará em contato com o sangue na máquina para fazer a filtragem e manter a concentração do sangue correta.

Sendo assim, cada paciente tem em média contato com 120 a 200 litros de solução de diálise em apenas uma sessão de hemodiálise (na qual o sangue é removido do corpo e filtrado pelo rim artificial).

E porque monitorar a água?

  • Existe o desgaste natural dos componentes do sistema
  • A água potável tem “características dinâmicas” (Cloro, cloramina, manancial, chuva, etc)
  • Caixas d’água potável sujam, resinas saturam e o carvão esgota.
  • Além disso, uma boa monitoração permite fazer uma manutenção preventiva – sempre um fator de segurança, economia e durabilidade do sistema

Conheça os contaminantes da água:

Caso a sua água apresente contaminantes, seu paciente poderá sofrer graves níveis de intoxicação. Abaixo segue alguns desses contaminantes e seus respectivos sinais e sintomas.

  • Alumínio: agente clarificante, encefalopatia, doença óssea, anemia;
  • Cloramina: Anemia, hemólise;
  • Cálcio: Água dura, hipertensão arterial, fraqueza muscular, náuseas, vômitos;
  • Sódio: Regeneração de membrana, hipertensão arterial;
  • Magnésio: 2% da crosta terrestre, bloqueia a transmissão neuro muscular, fraqueza;
  • Cobre: Presente nas tubulações, anemia, hemólise;
  • Prata: Subproduto da mineração, argirose cutânea;
  • Mercúrio: Acúmulo SNC (tremores, paralisias, manifestações psiquiátricas)
  • Flúor: Prevenção das cáries, hemólise, doença óssea.

Sendo assim, a água não deve ser analisada apenas antes e depois do processo de tratamento, mas também na entrada e saída da máquina. Assim, é possível garantir as perfeitas condições da água em todo o ciclo de realização da hemodiálise.

Agora que entendeu a importância da análise de água na hemodiálise, acesse o site da Vexer e confira as nossas soluções para tratamento de água.

Por, Jessica Afonso – Analista de Marketing

Contato

vexer@vexer.com.br
(41) 3016-7288

Consumíveis, tanques, etc

(41) 99691-0012

Equipamentos Indústria e Hemodiálise

(41) 99520-1314

Equipamentos Indústria e Hemodiálise

(41) 99910-0031

Assistência Técnica

(41) 99805- 0099

Assistência técnica PLANTÃO (SOMENTE aos finais de semana e feriados)

(41) 99805-0077

Endereço

Rua Professor Algacyr Munhoz Mader, 3474 CIC - Curitiba/PR

Segunda à Quinta-feira das 8h às 11h30 e das 12h30 às 18h

Sexta-feira das 8h às 11h30 e das 12h30 às 17h

Vexer Industria E Comercio De Equipamentos Ltda - CNPJ: 09.051.083/0001-12 | Todos os direitos reservados |