chevron_left Voltar

Hemodiálise: saiba mais sobre a água utilizada neste processo

A água é essencial em todo processo de hemodiálise e alguns parâmetros de análise precisam ser observados sempre O processo conhecido como hemodiálise é uma etapa muito importante do tratamento destinado a pessoas que têm insuficiência renal. A água em perfeito estado é um elemento fundamental para a hemodiálise, sem a qual o procedimento corre […]

A água é essencial em todo processo de hemodiálise e alguns parâmetros de análise precisam ser observados sempre

O processo conhecido como hemodiálise é uma etapa muito importante do tratamento destinado a pessoas que têm insuficiência renal. A água em perfeito estado é um elemento fundamental para a hemodiálise, sem a qual o procedimento corre grande risco de falhar. 

Nesse material da Vexer, saiba mais sobre a relação entre tratamento de água e hemodiálise.

Explicando a hemodiálise

O procedimento da hemodiálise consiste em uma filtragem do sangue, que tem como objetivo retirar toxinas e o excesso de água no corpo. Essas funções são normalmente desempenhadas pelo rim. 

Por isso, a hemodiálise é recomendada para pessoas que sofrem de doença renal crônica – ou seja, mal funcionamento ou perda total das funções do rim. Também por esse motivo, a técnica de hemodiálise é chamada de “rim artificial”.

Como é feita a hemodiálise

A hemodiálise realiza uma circulação fora do corpo. O sangue do paciente sai de um acesso vascular e é sugado por uma máquina que faz a filtragem. Na máquina, acontece a limpeza de substâncias e toxinas, além de remover o excesso de água. Depois de filtrado, o sangue retorna para o corpo do paciente pelo mesmo acesso vascular.

O papel da água

Nesse processo de filtragem feito durante a hemodiálise, um elemento é fundamental: a água tratada. A água é misturada com alguns solutos na máquina e se torna a solução de diálise. É essa solução que entrará em contato com o sangue na máquina para fazer a filtragem e manter a concentração do sangue correta.

Uma sessão de hemodiálise consome de 120 a 200 litros de água por paciente.

Análise de água: uma etapa essencial

Para participar de um procedimento tão delicado, a água utilizada em qualquer hemodiálise precisa ser analisada e tratada. 

Substâncias nocivas que podem estar presentes na água antes do tratamento podem acabar entrando diretamente na corrente sanguínea do paciente, com graves riscos à saúde.

Por isso, a água da hemodiálise precisa ser testada e estar dentro de padrões da Vigilância Sanitária, passando por um processo de purificação que envolve a filtração e a osmose reversa.

A água não deve ser analisada apenas antes e depois do processo de tratamento, mas também na entrada e saída da máquina. Assim, é possível garantir as perfeitas condições da água em todo o ciclo de realização da hemodiálise.

Agora que entendeu a importância da análise de água na hemodiálise, acesse o site da Vexer e confira as nossas soluções para tratamento de água.

chevron_left Voltar